Uberaba vence Uberlândia e conquista título da Taça MG


Três meses atrás, o torcedor Colorado pensava no título da Taça Minas Gerais, mas jamais imaginava que seria da forma como foi e ainda mais em cima de quem foi. Parece até que foi tudo combinado pra agradar o torcedor do USC porque o que a torcida uberabense viveu hoje foi como um sonho, um sonho que tinha que se repetir todo ano.

Na manhã deste domingo, o Uberaba Sport foi até o Parque do Sabiá e mesmo precisando de apenas um empate, venceu e conseguiu ficar com o título da competição. O placar da primeira partida (1×0) se repetiu e o Colorado comemorou na casa do rival. Além de ficar com o caneco, o Zebu de quebra garantiu uma vaga na Copa do Brasil de 2011, competição em que disputou pela primeira vez na temporada passada.

Com um gol contra do zagueiro Mateus, os cerca de mil torcedores colorados que acordaram de madrugada e viajaram 150km, fizeram uma linda festa e calaram os cerca de 6000 torcedores dos donos da casa.

Esse foi o terceiro título, da Taça Minas Gerais, que o Uberaba conquista em toda sua história. Antes o clube já havia vencido em 1980 e 2009. Com isso, alcançamos a marca de terceiro maior campeão da Taça, atrás apenas de Atlético Mineiro e Cruzeiro, com 5 títulos cada.

O atacante André Nascimento foi novamente homenageado. Uma foto do jogador foi estampada na camisa dos jogadores, além disso torcedores, membros da comissão técnica  e da diretoria também fizeram suas homenagens.


O jogo.

Para o Uberaba, o empate já serviria. Assim, tentou impor um ritmo mais lento à partida, mas logo foi impedido pelo Uberlândia, que entrou a 1000 por hora em busca de um golzinho logo de cara. A equipe verde assustou em dois momentos e quase abriu o placar.

Aos poucos o Colorado tentou sair para o jogo, mas encontrou algumas dificuldades, principalmente por Cadu ter jogado no sacrificio e a ausência do meio-campista, Maradona. Se Cadu estava mal, a aposta foi em cima de Marcinho. Após grande jogada, Marcel levantou a bola pra dentro da área. Marcinho tentou mas quem estufou as redes mesmo foi o zagueiro do Uberlândia, Mateus. Gol contra e festa da torcida colorada que via o sonho de ser campeão em pleno Parque do Sabiá cada vez mais próximo.

A segunda etapa foi idêntica à primeira. O Uberlândia  seguia pressionando o Zebu, levando perigo ao gol e deixando o torcedor colorado com o coração na boca. Os técnicos, tanto Moacir Júnior, pelo Uberlândia, quanto Birigui, pela Uberaba, alteraram suas equipes, em busca do objetivo. Pro Uberlândia, era ir pro tudo ou nada, enquanto pro Uberaba, o negócio era segurar o resultado. Felizmente para nós,  o resultado insistiu em permanecer e o jogo terminou com a nossa vitória.

Enfim, a festa colorada foi enorme. O Uberaba-MG conquistou, pela terceira vez, o título da Taça Minas Gerais de Futebol. A equipe demonstrou força, garra e determinação para superar todos os obstáculos encontrados durante a temporada e olha que foram muitos em? Hoje é um dia de festa para todos nós uberabenses então é melhor nem lembrar dessas tristezas!

Ficha técnica
Uberlândia: Felipe; Afonso (Alex), Carlão (Celinho), Mateus e Júlio César (Willian), Caetano, Vertinho, Juninho Cearense e Carlos Magno; Lila e Rena. Técnico: Moacir Júnior

Uberaba: Glaysson (Fernando), Ivonaldo, Rodrigão (Luciano), Felipe e Marcel; Balduíno, Gustavo, Gabriel e Rafael Ipuã, Cadu (Maxwell) e Marcinho. Técnico: Marcos Birigui

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, Jair Albano Félix e Walace Pena.

Colaboraram Correio de Uberlândia e Triângulo Sport
Fotos Valter de Paula


Veja mais fotos da grande final clicando aqui ->  show

Anúncios